Você está aqui: ultima noticias interno O que há na ação que tenta derrubar a lei de terceirização

O que há na ação que tenta derrubar a lei de terceirização

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou na terça-feira (27) uma ação direta de inconstitucionalidade pedindo que o Supremo Tribunal Federal derrube uma lei aprovada pelo Congresso e sancionada pelo presidente Michel Temer em março que permite a terceirização em todas as atividades de uma empresa.

(...)
A nova lei de terceirização permite a terceirização em qualquer atividade da economia, mas não altera a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), que garante direitos como férias, 13º salário e FGTS nos casos em que houver uma relação de emprego.

Se a Justiça entender que um trabalhador terceirizado está em uma relação de emprego na empresa onde presta seu serviço, a terceirização pode ser considerada fraudulenta e a empresa, condenada a arcar com todos os direitos desse funcionário.

Leia matéria completa:
NEXO

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.